The Urban
Lifestyle

Bike News

Cicloturismo: Portugal terá 8000 quilómetros de ecovias
share this articleShare on Facebook17Google+1Pin on Pinterest0Tweet about this on Twitter

Cicloturismo: Portugal terá 8000 quilómetros de ecovias

O cicloturismo tem cada vez mais adeptos, sejam eles amantes da bicicleta ou fãs do turismo ao ar livre. Independentemente da preferência pessoal de cada um, a utilização da bicicleta como forma de turismo é uma realidade que veio para ficar. Muito comum no estrangeiro, em Portugal começa a ganhar relevância onde já foram (e estão a ser) construídas caminhos e estradas secundárias que permitem aos turistas, e não só, pedalar pelos locais mais belos do país.

 

Caminhos a pedalar

Cicloturismo: Portugal terá 8000 quilómetros de ecovias

O conceito está lançado e dentro de cinco anos vai haver um mapa de Portugal com 8000 quilómetros de estradas e caminhos recomendados para passear ou viajar de bicicleta. A primeira parte deste projeto já está concluída, onde inclui 17 troços junto à costa.

Estas ecovias irão facilitar imenso quem desejar fazer longas distâncias com a sua companheira de duas rodas, podendo percorrer Portugal inteiro, de Norte a Sul. Georeferenciados na Rede Nacional de Ecovias, assinalado por Paulo Guerra dos Santos, sendo que neste trabalho de quatro anos só pôde concluir cerca de 10% do registo de ecovias na rede nacional.

Através desta tecnologia de georreferenciação com GPS, é possível registar em GPS uma rede de caminhos secundários, agrícolas ou florestais e também criar rotas turísticas de interesse histórico, paisagístico ou arquitetónico.

 

Ecovias disponíveis

Cicloturismo: Portugal terá 8000 quilómetros de ecovias

Colocado à venda, o documento “Ecovias de Portugal” disponibiliza várias rotas com as melhores estradas e caminhos para fazer cicloturismo entre Lisboa e Setúbal com prolongamento em mais três troços até Monsaraz, no Alentejo. Quando o trabalho estiver finalizado, poderá contar com cerca de 160 secções (incluindo etapas e troços) que formarão uma grelha sobre Portugal Continental, originando uma rede complexa de ecovias divididas da seguinte forma:

Quatro eixos verticais:
  • Caminha-Vila do Bispo;
  • Valença do Minho-Lagos;
  • Chaves-Faro;
  • Bragança-Vila Real de Santo António.
Treze eixos horizontais:
  • Viana do Castelo-Miranda do Douro;
  • Porto-Bragança;
  • Porto-Miranda do Douro;
  • Aveiro-Vilar Formoso;
  • Figueira da Foz-Monsanto;
  • São Pedro de Moel- Castelo Branco;
  • Peniche-Portalegre;
  • Santa Cruz-Badajoz, Espanha;
  • Lisboa-Évora;
  • Vila Nova de Milfontes-Barrancos;
  •  Zambujeira-do-Mar-Mértola;
  • Odeceixe-Alcoutim;
  • Vila do Bispo-Vila Real de Santo António.

 

Um sonho partilhado

Cicloturismo: Portugal terá 8000 quilómetros de ecovias

O engenheiro civil especialista em estradas e adepto do turismo de bicicleta, Paulo Guerra dos Santos, prevê que dentro de dois anos terá referenciado entre 30 a 40 secções e conta disponibilizar essa informação logo que possível. Também serão realizadas aplicações mobile disponibilizando a rede de troços com as suas características.

Esta publicação já se encontra disponível em inglês e tem como alvo os milhares de cicloturistas que optam por pedalar nas férias. Deixe-se levar pelos belos caminhos escolhidos para si.

share this articleShare on Facebook17Google+1Pin on Pinterest0Tweet about this on Twitter