The Urban
Lifestyle

Go By Bike

Entrevista: Dan Foffa
share this articleShare on Facebook0Google+1Pin on Pinterest2Tweet about this on Twitter

Entrevista: Dan Foffa

Tivemos a oportunidade de entrevista o criador das FOFFA Bikes, uma marca de bicicletas única que aposta no design e estilo das suas criações. Mais do que um negócio, ou simples bicicletas, Dan Foffa explica como tudo começou e a sua paixão por este lifestyle.

Entrevista: Dan Foffa

Ainda hoje olho para minha bicicleta e fico entusiasmado. Acho que sou viciado.

1. Como surgiu o interesse em bicicletas?

Crescer num lugar como Veneza fez-me aprender muito cedo a apreciar a noção de espaço. Enquanto criança, andar de bicicleta era espetacular pois oferecia-me muita liberdade e um sentido de independência para explorar o que me rodeava. Todas as desculpas, todas as oportunidades eram suficientes para andar de bicicleta.

2. O ciclismo sempre foi uma parte da sua vida?

Ainda hoje olho para minha bicicleta e fico entusiasmado. Acho que sou viciado. Penso que já faz parte do meu DNA, pois sempre foi uma grande parte da minha vida e o meu meio de transporte favorito. Contínuo a não ter um carro, e para as minhas reuniões utilizo sempre a minha bike e, quando necessário, o comboio. Todas as oportunidades são desculpa para estar em cima da bicicleta.

Tomei uma grande decisão, ou uma decisão maluca como muitos dizem, e deixei o trabalho das nove às cinco na cidade para criar a FOFFA.

3. Como foi criada a FOFFA? O que lhe inspirou para criar estas bicicletas únicas?

Estava a viver em Londres, a trabalhar como Analista de Negócios. Não me fazia maravilhas à alma ser um analista de negócios. No meu tempo livre costumava restaurar bicicletas antigas e vendia ao público. Esta prática rapidamente tomou conta da minha sala de estar, do meu quarto e a cave do escritório onde trabalhava.

Era nas bicicletas que pensava quando acordava, era nessas bicicletas quer mal podia esperar para trabalhar, o meu trabalho a tempo inteiro começou a atrapalhar esta paixão.

Tomei uma grande decisão, ou uma decisão maluca como muitos dizem, e deixei o trabalho das nove às cinco na cidade para criar a FOFFA.

A história está no nosso site e é algo em que me orgulho bastante. Não somos uma empresa sem face como as grandes organizações, somo um grupo de pessoas que juntaram forças e partilham a paixão pelo ciclismo, estilo e design de bicicletas.

4. Porque decidiu comercializar bicicletas?

Significa muito para nós ver a cara das pessoas iluminar-se quando falam das suas bicicletas. Trabalhar com pessoas na loja para fazer bicicletas perfeitas à medida e com design fez-me sentir como o Pai Natal. Provavelmente uma questão de ego penso eu. Queria oferecer a toda a gente a possibilidade de ter uma bicicleta e que esta fosse a causa dos seus rostos iluminados, uma bicicleta que pudessem utilizar no dia-a-dia e aos fins de semana, uma bicicleta que acrescentasse valor às suas vidas e não uma que ditasse como deveriam viver.

5. O que o distingue da concorrência?

Sem dúvida a minha equipa. As pessoas fazem as empresas, e a minha equipa é apaixonada como eu. Trabalhamos longas horas e investimos emoção em todos os elementos da FOFFA. Soa um pouco lamechas mas é mesmo assim, todos nós nos importamos a sério.

A nossa atenção ao detalhe, a nossa missão sempre em mente, de desenhar e entregar bicicletas únicas com os melhores componentes. Não estou autorizado a utilizar a palavra “acessível” mas não quero sequer pensar que estamos a defraudar as pessoas, pois quero que tenham as melhores bicicletas possíveis. Se quisesse ser rico teria mantido o meu trabalho na cidade.

Entrevista: Dan Foffa

6. Qual é o papel das bicicletas no seu dia-a-dia?

A minha bicicleta leva-me a reuniões, leva-me ao supermercado para fazer compras. Há exceção dos meus pés é o meu único meio de transporte. Sou um utilizador assíduo.

7. Que tipo de utilizador é? Desporto ou transporte diário?

Transporte diário. Muitas vezes paro para apreciar o cenário há minha volta, a arquitetura do meio que me rodeia. Também gosto de falar com pessoas que encontro sobre as suas bicicletas.

8. Porquê comercializar a single speed?

Porque não? É simples e a simplicidade é apelativa para todos. Também temos a nossa gama Urbana onde muitas pessoas pensam que são single speed mas na realidade têm 7 mudanças nos modelos standart e 8 nos modelos premium.

9. Descreva a experiência de comprar a primeira FOFFA.

Todas as bicicletas têm a nossa impressão digital, o nosso DNA. Desde a primeira venda que fizemos, até à que fizemos à 20 minutos atrás, fazem parte de nós, não são meras bicicletas.

A nossa conta de Instagram tem uma forte comunidade e tudo é feito através da hashtag #FOFFAfamily. As pessoas que têm uma FOFFA têm orgulho em fazer parte desta família.

Nunca dizemos “Tenha uma boa viagem”, dizemos sempre “Happy FOFFAing”. Quando pedalas numa bicicleta vais do ponto A para o ponto B. Quando pedalas numa FOFFA as pessoas querem saber que bicicleta tens e elogiam-te, sejam pedestres ou automobilistas.

10. O que diria para encorajar o uso da bicicleta?

Faz uma lista. Compara as viagens que fazes para fazer compras de carro e bicicleta. A bicicleta é mais barata, rápida e uma boa justificação para poderes comprar uma barra de chocolate além de poupares imenso dinheiro e queimares calorias.

Porquê conduzir até ao ginásio? Porque não apenas pegar na bicicleta e adotar um espírito aventureiro nas cidades em que vivemos. Existe tanta beleza à nossa espera que nunca chega a ser vista, nunca é explorada e está mesmo à porta das nossas casas.

Com a bicicleta, tens entusiasmo e admiração à tua espera.

share this articleShare on Facebook0Google+1Pin on Pinterest2Tweet about this on Twitter